Brincando com pedaços de papel

Por Grazi Iacocca

papel_picado6

No dia seguinte ao Natal a casa estava cheia de restos de papel de presente, o que me fez lembrar do primeiro aniversário do Antonio e da alegria que foi para ele descobrir como é gostoso rasgar papel. Juntando os pedaços aqui e ali, nos veio a ideia de fazer uma colagem e resgatar a brincadeira de rasgar.

Começamos com eles picando os papéis em pedaços menores. Enquanto rasgavam, prendemos na parede uma faixa de plástico adesivo, mas com o lado colante para fora. Os meninos encheram uma cesta com os papéis e mostramos para eles como colar os pedacinhos na parede, na intenção de criar um lindo mosaico de retalhos coloridos.

Mas… não foi o que aconteceu! Logo nas primeiras tentativas, Antonio pareceu não achar muita graça na brincadeira. Decidiu então encher as mãos com papel picado e jogar contra a parede para ver quantos grudavam. Gael também não ficou muito interessado em colar, preferiu descolar os poucos pedaços que já estavam grudados. Em poucos minutos os meninos começaram a descordar um do outro e sobrou mais papel no chão do que no mural.

Um tanto frustradas, desistimos da atividade. Eles então resolveram criar a brincadeira de encher a cesta, antes mesmo da gente pedir ajuda para recolher toda a papelada do chão. E não desistiram até não sobrar nenhum pedacinho. Quando a sala ficou toda limpa, Gael levantou a cesta o mais alto possível e jogou tudinho no chão de novo! E os dois meninos começaram a gargalhar! Gostaram tanto da ideia que repetiram a mesma brincadeira várias vezes, em outros lugares da casa.

No fim não saiu nenhuma colagem, mas foi uma bagunça divertida, que deu graça para aquele monte de papel que no fim acabaria no lixo.

Tem papel sobrando em casa? Invente a sua bagunça! Tem dicas depois das fotos. 

papel_picado

papel_picado3

papel_picado4

papel_picado5

papel_picado7

papel_picado9

Coordenação motoraSensorial

Dificuldade de preparo fácilMuita bagunça

DICAS

  • Para crianças maiores, fazer colagens é divertido e uma ótima maneira de reciclar papéis usados.
  • É possível criar desenhos ou até mesmo forrar objetos com sobras de papéis.
  • Você encontra plástico colante transparente em papelarias, geralmente é vendido por metro.
  • Para prender o plástico usamos fita adesiva decorada. Atenção para não usar nada que possa descascar a tinta da parede.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Coordenação motora. Rasgar também é um bom exercício para os movimentos das mãos.
  • Criatividade. Criar composições com pedacinhos de papel estimula a criatividade.

SEGURANÇA

  • É uma brincadeira segura. Apenas evite brincar com crianças muito pequenas que possam colocar os papéis na boca.

PREPARO E BAGUNÇA

  • O preparo é simples, basta juntar restos de papel.
  • Caso resolvam fazer chuva de papel como aqui em casa, tem bagunça sim! :)