colar-macarrao

Um clássico das brincadeiras caseiras, colares de macarrão já faziam sucesso na época das nossas vovós. Quando testamos aqui a receita para colorir macarrão, a saudade bateu em nossos corações e resolvemos revisitar esta atividade tão querida das nossas infâncias. Desta vez contamos com a participação especial da amiga Anna Barbara, de quatro anos, que adora usar fantasias, colares e pulseiras, ou seja, a garota perfeita para brincar com a gente!

Decidimos usar apenas macarrão argolinha e investimos na variedade de cores para deixar nossas joias bem lindas. Preferimos usar elástico ao invés de barbante, pois fica mais fácil na hora de colocar e tirar do pescoço e do pulso. Para ajudar na montagem, colamos na ponta do fio um pedacinho de fita adesiva, que funciona como uma agulha improvisada. Depois de montado, é só dar um nozinho duplo nas pontas do elástico e pronto!

Fizemos um primeiro colar para testar o tamanho. Anna Barbara ficou atenta ao preparo e logo seguiu criando lindas composições com as cores. Antonio, vendo a amiga brincar, quis participar também e aventurou-se a montar o seu próprio colar. Para ele, que ainda não completou três anos, é uma atividade difícil pois exige um maior nível de coordenação motora e concentração. Como era de se esperar, minutos depois qualquer outra coisa tirou sua atenção e ele saiu correndo pela casa, com um punhado de macarrão colorido na mão. Até mesmo para a Anna não é divertido ficar tanto tempo focada na mesma atividade, portanto recomendamos que os adultos entrem na bagunça e ajudem a fazer os colares para a criançada brincar depois. Quer maneira mais gostosa de matar a saudade da infância?

Tudo pronto? É agora que a verdadeira brincadeira começa! Anna aproveitou todo o macarrão colorido que sobrou e preparou um lindo banquete de faz de conta. Convidou reis e rainhas para a festa e todos foram ao evento usando elegantes pulseiras e colares.

Crie você também seus colares e personagens. Tem mais dicas no fim do post. 

colar-macarrao2

colar-macarrao3

colar-macarrao4

colar-macarrao5

colar-macarrao6

DICAS

  • Varie o formato do macarrão a cada brincadeira e crie uma coleção de colares diferentes.
  • Os pequenos também adoram participar. Proponha a brincadeira e ajude na montagem: entenda que é normal crianças perderem o foco durante algumas atividades.
  • É uma ótima atividade para fortalecer o aprendizado das cores.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Visão e tato.
  • Coordenação motora. Manusear objetos pequenos é um ótimo exercício.
  • Concentração.
  • Imaginação. Colares e pulseiras permitem imaginar muitos personagens e brincadeiras.

SEGURANÇA

  • Macarrão cru é duro e crianças pequenas podem engasgar ao colocar na boca.
  • Brinque apenas com os maiores de três anos.
  • Use um elástico bem fino, fácil de arrebentar caso o colar enrosque em outro objeto.
  • Atenção para o tamanho! Não faça colares pequenos demais que possam apertar o pescoço ou grandes demais que possam dificultar as brincadeiras e causar acidentes.
  • Não deixe crianças montando colares e pulseiras sozinhas, pois a atividade precisa da supervisão de um adulto.
  • Guarde os colares e pulseiras e só deixe a criança brincar quando um adulto estiver por perto.

PREPARO e BAGUNÇA

  • Dificuldade de preparo moderada. Macarrão é fácil de colorir mas exige preparo antecipado. Faça em maior quantidade para durar muitas brincadeiras.
  • A bagunça costuma ser moderada, mas tem sempre um macarrão que foge para debaixo do sofá.