celofane–geomatricas11

Antonio ganhou um livro sobre formas geométricas e ficou muito encantado. Passou dias contando sobre a bruxa que tem uma bola de cristal redonda e um chapéu triangular. Decidimos aproveitar a curiosidade dele para criar uma atividade sobre o tema. O desafio foi pensar em como brincar com as formas de maneira lúdica o suficiente para entreter também o Gael que, por ser seis meses mais novo, ainda não tem interesse no assunto.

Atividades com água e cores sempre fazem sucesso, não importa a idade. Surgiu então a ideia de criar um vitral geométrico. Cortamos as formas em folhas de celofane coloridas, compradas na papelaria da esquina. Desenhamos os círculos usando um CD como molde, e os quadrados, retângulos e triângulos com uma régua. A brincadeira foi pensada para a hora do banho, mas em tempos de falta de chuva e banhos muito curtos, resolvemos usar um borrifador. O improviso funcionou muito bem e até deixou mais fácil para eles entenderem que o celofane só gruda na superfície molhada.

Sem ninguém interferir, os meninos criaram um método: Antonio assumiu o comando da água e Gael se encarregou de colocar as formas no vidro. Os dois ficaram encantados vendo os pedaços de papel grudarem e deslizarem com a água. Perceberam também a transparência do celofane e que é possível enxergar colorido através do papel. Aos poucos, juntando cada pedaço, começaram a surgir lindas sobreposições, criando novas formas e cores. Não imaginávamos que uma brincadeira tão simples pudesse trazer tantas descobertas.

Quer brincar também? Tem dicas no final do post. 

celofane–geomatricas3

celofane–geomatricas2

celofane–geomatricas8

DICAS

  • O celofane gruda em qualquer superfície úmida. A brincadeira pode ser feita em azulejos, espelhos, janelas ou na porta do armário.
  • É uma ótima atividade para as crianças que estão na fase de fugir do banho.
  • E para as que não querem sair do banho, a brincadeira pode continuar mesmo com o chuveiro desligado.
  • Dias de chuva também são perfeitos para a atividade.
  • Com formas geométricas é possível criar muitos desenhos. Proponha diferentes cenários a cada brincadeira.

SEGURANÇA

  • Como em qualquer atividade que envolva água, certifique-se de que o local está preparado para evitar escorregões no piso molhado.
  • Evite deixar pedaços muito grandes de papel. Colocar o celofane nos olhos pode ser muito divertido mas preste muita atenção para que o papel não cubra o rosto todo da criança.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Visão e tato.
  • Concentração.
  • Coordenação motora.
  • Raciocínio lógico. Criar desenhos e sobreposições usando formas geométricas é um ótimo exercício.
  • Imaginação. A cada cenário, a criança pode criar uma nova história.
  • Linguagem. Para os mais novos, a atividade pode ser usada para introduzir o nome das formas geométricas e das cores.

PREPARO e BAGUNÇA

  • Muito fácil de fazer e de limpar.
  • Depois da atividade espere o celofane secar e guarde os recortes no meio de livros ou revistas. Pode ser usado diversas vezes.